Conde Roa afoga o desporto municipal mentras destina miles de euros a organizar grandes eventos desportivos

Nestes meses o Concelho impujo ao desporto local de base umha política selvagem de ajustes que contrasta com o destino de miles de euros a organizar espectáculos desportivos que, se se desbotam os ganhos que geram pontualmente a certas empresas, som inúteis para a cidade e lastram a promoçom do desporto de base e local.

Assim mentres a Fundación Compostela Deporte se afoga num buraco de 200.000 euros e aplica recortes de pessoal, o edil de desportos, Adrián Varela, tentou trazer à cidade a Copa Davis por dous milhões de euros ou a Vuelta Ciclista a España por 120.000; montou umha pista de patinagem na Quintana, com promoçom de Gadis, que custou 8000€ e trouxo à selecçom espanhola de futebol com 40.000, a pesares de que parte da vizinhança nom sentimos esta selecçom como própria. Mentres, Raxoi achegou apenas 85.000 euros para promocionar o desporto de base em 2011. Varela declarou recentemente a distintos meios que seguirá a trabalhar nesta direcçom: fomentar espectáculos desportivos com os recursos que Raxoi deve dedicar a promover o desporto local e de base.

O desporto espectáculo nom produz riqueza na cidade

Preocupa-nos que o Concelho vexa o desporto como um reclamo turístico: nom acreditamos que a afluência massiva de visitantes seja boa por princípio, gere riqueza para tod@s e deva orientar, por exemplo, a política desportiva local quando os nossos meios som tam limitados. Se a potenciaçom do desporto espectáculo debilita a promoçom do de base, porque, segundo repetem até cansar, nom há dinheiro, haverá que exigir ao Concelho que ponha como prioridade exclusiva a potenciaçom do desporto municipal.

Pretender melhorar a situaçom económica da cidade com a celebraçom de eventos desportivos é irrisório: com 9200 vizinh@s sem trabalho e 22% de pobreza no município, o que necessitamos som políticas sociais, vivenda pública, apoio às famílias com dificuldades, potenciaçom dos sectores produtivos locais, suspensom dos despejos de casas, etc., mas nom ocorrências coma estas. Os ultra neoliberais que ocupam Raxoi com voto do 25% d@s eleitor@s potenciais nom tenhem mais projecto para esta cidade que a Disney Compostela e, dominados pola falha de imaginaçom e o complexo pailám, consideram que o futuro socioeconómico de Compostela só deve pivotar sobre a afluência de visitantes

O esperpento caso do campo de futebol do Sergas

O campo de futebol do Sergas é um exemplo da política desportiva municipal: ainda que custou 1.25 milhões de euros, leva mais dum ano em desuso e os clubes de futebol, rugby, etc. dos bairros cercanos devem adestrar em Vilestro ou Marantes. Ademais, o Concelho, que deve 2.7 milhões à Fenosa, nega-se a retirar as linhas de meia tensom que sobrevoam As Cancelas, Sam Lázaro, Sam Marcos e o próprio campo, ponhendo em perigo a saúde dos rapazes e rapazas que adestram nele. Os campos electromagnéticos gerados por estas linhas tenhem capacidade cancerígena, mas constatamos mais umha vez que a eléctrica tem colhido ao Concelho e este impede a homologaçom do campo para nom entrar em conflito com a empresa.

Posted in Notícias | Comments Off on Conde Roa afoga o desporto municipal mentras destina miles de euros a organizar grandes eventos desportivos

Alexandre Costa: ”O ativismo desportivo é umha peça da construçom nacional”

Reproduzimos a entrevista que o Diario Liberdade realizou ao nosso companheiro Alexandre Costa poucos dias depois do jogo entre as selecçons nacionais da Galiza e do Saara Occidental. Alexandre Costa avalia as jornadas do passado 23 de Dezembro em Teu, fazendo também balanço dos 15 anos de ativismo do nosso colectivo.

Diário Liberdade – A semana passada tivo lugar o jogo da seleçom de futebol organizado por Siareir@s Galeg@s. Como avaliades as jornadas?

Alexandre Costa – Como coletivo, avaliamos muito positivamente as nossas jornadas, já que, por umha parte, fomos capazes de reunir mesmo número de pessoas que anos anteriores, apesar de contarmos, a priori, com condiçons mais desfavoráveis, como o facto de realizarmos as jornadas em dia laborável e num Concelho mais pequeno. Por outra parte, consideramos também muito positivamente o facto de contarmos novamente com a presença de desportistas galegos de nível internacional, como David Blanco, Rabunhal, Ezequiel Mosquera ou a própria Verónica Boquete.

DL- Siareir@s fai este ano 15 ano de ativismo polas seleçons desportivas. Impom-se perguntar-che qual é o vosso balanço.

AC- Nós, quando fazemos um repasso da nossa trajetória, diferenciamos claramente três etapas. Umha primeira em que se constituiu o movimento, na qual se sentárom as bases e se afixárom os objetivos polos quais luitar, como por exemplo a erradicaçom do localismo, a luita contra o neo-desporto capitalista que poderiamos denominar negócio-espetáculo, ou a exigência de que as seleçons nacionais galegas podam competir a nível internacional de forma oficial.

Depois houvo umha segunda etapa, que coincide com o bipartido na Junta da Galiza, em que, se bem é certo que se criárom seleçons galegas em algumhas disciplinas, consideramos que por parte dos responsáveis da Junta os passos fôrom insuficientes, produzindo-se um estancamento ao nom apostarem em requerer e exigir o direito a poder competirmos oficialmente.

E umha terceira etapa que é na que nos encontramos em estes momentos, umha etapa na que eles negam-nos o direito a termos as nossas seleçons, nom fam mais do que pôr paus e pedras no nosso caminho, mas na qual nós estamos sendo capazes de reagir e superar estes obstáculos, continuando com as nossas atividades e pondo em cima da mesa o debate e a proposta de oficialidade.

DL- Que êxito concreto destacarias etre os que a vossa atividade fijo possíveis?

AC- Para nós, já é um êxito conseguirmos que umha seleçom galega salte a um campo de jogo, ainda que evidentemente nós trabalhemos para que seja numha competiçom e a nível oficial. Por outro lado, consideramos a nível interno-organizativo um êxito que, nesta etapa e com as dificuldades tam altas impostas polos órgaos políticos e desportivos, sejamos capazes de levar adiante as nossas jornadas de umha forma autogerida e auto-organizada.

DL- Que dirias a quem poda julgar que nas condiçons atuais da Galiza existem outras prioridades antes que preocupar-se com o reconhecimento desportivo?

AC- Nós como coletivo consideramos que o trabalho e o ativismo desportivo é umha peça mais do puzzle da construçom nacional e do reconhecimento da Galiza como naçom em todos os seus ámbitos e aspectos. Consideramos que o povo galego deve trabalhar em todas as frentes: na cultural, na política, na sindical… mas também na desportiva, já que é necessária e imprescindível para o avanço deste povo. Também é muito útil e importante criarmos referentes desportivos galegos nos quais se poda ver refletida a populaçom. Somos da opiniom de que nom deve ser minusvalorizado o trabalho neste campo, pois todo o trabalho soma para o que mencionava anteriormente: a construçom nacional da Galiza.

DL- Vai ser possível manter e estender as reivindicaçons de seleçons próprias na etapa de domínio absoluto do PP que agora começa?

AC- A nós causa-nos indiferença qual seja partido do regime que governe em cada momento; sabemos quais som os nossos objetivos e qual a nossa meta e por isso temos que trabalhar. Sabemos que nos aguarda um longo caminho, sabemos que encontraremos muitos obstáculos nesta viagem, mas estamos seguros e seguras de que com trabalho e esforço atingiremos os nossos objetivos e a nossa desejada meta.

DL- Mais nada, Alexandre, obrigadas por nos atenderes.

Posted in Entrevistas | Comments Off on Alexandre Costa: ”O ativismo desportivo é umha peça da construçom nacional”

Vídeo do jogo Galiza vs RASD em Teu

O passado 23 de Dezembro a selecçom galega de futebol voltou a enfrentar-se a um povo irmão, neste caso à RASD (República Árabe Saaraui Democrática). O jogo, tinha como objectivo demandar a continuidade e oficialidade das selecçons desportivas galegas e logrou concentrar nas bancadas do campo da Canhoteira a mais dum milhar de pessoas. Sem apoio da federaçom, nem dos clubes, nem das instituçons públicas nem dos meios, desfrutamos de novo dumha jornada desportiva em chave internacionalista.

Vídeo elaborado pol@s companheir@s de GzVideos.

Posted in Multimédia | Comments Off on Vídeo do jogo Galiza vs RASD em Teu

Mais um ano, o povo fixo-o

Mais um ano e mália as trabas e impedimentos dos que cada ano tentam que o nosso projecto nom siga adiante, a selecçom galega voltou ao terreno de jogo da mão de Siareir@s Galeg@s, coincidindo com o nosso XV aniversário.

As actividades começarom a primeira hora da tarde com umha exibiçom de combate medieval por parte da SCEA (Sala Compostelá de Esgrima antiga) e o tradicional aberto de bilharda da LNB. A continuaçom, e depois dos impedimentos da Guarda Civil, que solicitava documentaçons de responsaveis, saia a manifestaçom nacional do campo de futebol. 500 pessoas percorrerom os caminhos e ruas de Cacheiras baixo o lema: 15 anos luitando polas selecçons nacionais!. As 20:30h voltava a manifestaçom ateigando o campo de futebol com mais dum milhar de pessoas que arrouparom à Irmandinha durante o jogo contra a República Árabe Saaraui Democrática. Antes do encontro fixo-se um pequeno ato no que se exigiu justiça no caso de Ezequiel Mosquera e se lerom discursos a prol da oficialidade da nossa selecçom e da igualdade de gênero no desporto. O jogo começou com o saque de honra do ciclista galego e decorreu num ambiente de festa e irmandade entre o povo galego e o povo saaraui e ainda que Galiza ganhou por 2 – 1 (com golos de Verónica Boquete e Jimmi), o que menos importava era o resultado.

Rematado o encontro começarom os concertos que fechariam a jornada. Umhas 400 pessoas acudirom ao campo da festa para disfrutar dos grupos galegos Invivo, Contra as Cordas e Bastards on Parade e os cataláns Opció K-95.

Desde Siareir@s Galeg@s valorizamos as nossas jornadas como um gram sucesso no que o movimento galego respostou, mais um ano, apoiando a oficialidade da selecçom numha jornada totalmente autogestionada. Nom só nom contamos com apoio institucional, se nom que cada vez atopamos mais impedimentos por parte das instituiçons e dos corpos de repressom do estado. Este ano, ademais dos impedimentos da federaçom para deixar participar @s jogador@s, também a Guarda Civil presionou ao concelho de Teu para impedir que os nossos atos decorreram com normalidade.

Nom nos esquecemos de toda essa gente que aportou o seu para que estas jornadas se levaram a cabo. Queremos assim agradecer o trabalho e a colaboraçom de cada umha delas, assim como a assistência desse milhar de pessoas que acudirom o dia 23 a Teu. Nom temos o apoio da federaçom, nem dos clubes, nem das instituçons públicas, nem dos meios. Mas tampouco o queremos nem o precissamos. Temos um povo galego digno capaz de respostar ante estes ataques e de fazer sua as nossas reivindicaçons. Mais um ano demonstramos que tod@s junt@s podemos faze-lo.

UMHA NAÇOM, UMHA SELECÇOM!

Posted in Notícias | Comments Off on Mais um ano, o povo fixo-o

Publicamos os horários e pontos de saída dos autocarros fretados para a jornada nacional do 23-

Siareir@s Galeg@s fretou varios autocarros para facilitar a assistência à jornada nacional do 23-D em Cacheiras (Teu) em defensa das selecçons nacionais. Um autocarro partirá desde Vigo, outro desde Ourense e um terceiro desde Ponte Areias fazendo paragem em Ponte Vedra. Também haverá um quarto autocarro fazendo o trajecto Compostela-Cacheiras e vice-versa de forma continuada saindo aproximadamente cada hora o longo da tarde e da noite.

Os horários e paragens som os seguintes:

16:00h. Saída desde Vigo, Praça dos Cavalos.

16:00h. Saída desde Ourense, Pavilhom dos Remédios.

15:00h. Saída desde Ponte Areias, estaçom de autocarros, com paragem às 15:30h no Pavilhom dos Desportos (Ponte Vedra).

16:00h. a 22:00h. Saída desde Compostela, Praça de Galiza, com paragem no Campo da Festa (Cacheiras).

A organizaçom dos autocarros solicita a máxima pontualidade nos lugares de saída. A hora de retorno será entorno às 03:00h e o lugar o Campo da Festa de Cacheiras. O preço do bilhete de ida e volta é de 5€ para cada umha das pessoas que reservárom vaga nos autocarros que partem desde Vigo, Ourense e Ponte Areias. O preço do bilhete do autocarro que parte desde Compostela é de 1.5€ por viagem. Para qualquer dúvida consultar em nacional@siareirasgalegas.org

Posted in Notícias | Comments Off on Publicamos os horários e pontos de saída dos autocarros fretados para a jornada nacional do 23-

Apresentaçom do jogo Galiza-RASD em Compostela

O vindeiro sábado, 17 de Dezembro, Siareir@s Galeg@s apresentará em Compostela as jornadas nacionais do 23 de Dezembro, baixo o lema “15 anos luitando polas selecçons nacionais”. O acto terá lugar no C.S. Gentalha do Pichel (Rua Santa Clara, 21) a partires das 20:30hh e enquadra-se dentro das actividades que se estam a fazer nas diferentes comarcas como prévias ao jogo Galiza-RASD. Coincidindo com o XV aniversário do colectivo, aproveitaremos para fazer um repaso da nossa trajectória. Contaremos também com o Colectivo Solidariedade Galega co Pobo Saharaui, que dará umha palestra informativa. Remataremos com umha pinchada siareira.

Posted in Actividades | Comments Off on Apresentaçom do jogo Galiza-RASD em Compostela

Apresentaçom do jogo Galiza-RASD em Cuntis

A comarca Umia-Tabeirós preparou para esta vindeira sexta-feira, 16 de Dezembro, a partires das 21:00h na Tenda da Ponte, da Vila do Banho (Cuntis), um concerto-apresentaçom das jornadas nacionais do 23 de Dezembro que teram lugar em Teu. Tocaram os grupos locais Morula e Templanza, distribuiram-se os cartóns de Siareir@s Galeg@s e os bilhetes para o concerto e poderedes anotar-vos para viajar até Cacheiras em autocarro. Também haverá petiscos de balde a esgalha. Animamos-vos a participar nas actividades que o nosso colectivo organiza nestas datas, tanto a nível comarcal coma nacional, reforzando assim o apoio popular à nossa selecçom.

Posted in Actividades | Comments Off on Apresentaçom do jogo Galiza-RASD em Cuntis

Vídeo promocional do XV aniversário de Siareir@s Galeg@s

Siareir@s Galeg@s celebra o seu XV aniversàrio no Concelho de Teu, o 23 de dezembro, onde terá lugar umha manifestaçom nacional, o jogo de futebol Galiza – RASD (República Árabe Saaraui Democrática) e o concerto de Invivo (Metal-cru desde Compostela), Contra as Cordas (Hardcore desde Ourense), Bastards on Parade (Punk-Folk desde A Corunha) e Opcio-K 95 (Punk-Oi! desde os Països Catalans). Haverá também um aberto de bilharda da autêntica, luita galega, umha carpa DJ e um espaço saaraui com diferentes actividades.

Vídeo elaborado por deica audiovisual.

Posted in Multimédia | Comments Off on Vídeo promocional do XV aniversário de Siareir@s Galeg@s

Cartom 2012 já na rua!

Já está a vossa disposiçom em diferentes pontos do País o cartom de Siareir@s Galeg@s. Mais um ano, desde Siareir@s Galeg@s estamos a fazer um gram esforço para contar com os mesmos actos -manifestaçom, jogo e concerto- que anos anteriores, nesta ocasiom, coma no 2010 e 2011, desde a autogestom. Por isso procuramos o teu apoio para que todo seja mais singelo o dia 23 de Dezembro. Este ano ofrecemos-te duas opções para fazer-te soci@:

1ª opçom: Cartom: 5 euros (da direito a entrar no campo para ve-lo jogo).

2ª opçom: Cartom mais bilhete para o concerto: 10 euros (ademais para as 300 primeiras pessoas que escolham esta opçom haverá umha camisola de agasalho).

A continuaçom publicamos os sítios onde já está disponível o cartom 2012:

Compostela:

C.S. Gentalha do Pichel (Rua Santa Clara, 21)

Corunha:

C.S. Atreu (Travessa Sam José, 2)

Ourense:

Vagalume (Rua Cabeça de Manzaneda, 3)

Grandola (Praça Sam Marcial, 1)

Lugo:

C.S. Madialeva (Rua Manuel Amor Meilam, 18)

Ponte Vedra:

C.S. Revira (Rua Gonçalo Galhas, 4)

Vigo:

C.S. Revolta (Rua Real, 32)

C.S. Faisca (Rua Toledo, 9)

Trasancos:

Fundaçom Artabria (Travessa de Batalhons, 7)

Se nom moras em nengumha das comarcas citadas podes reservar o cartom e o bilhete para o concerto enviando um correio a nacional@siareirasgalegas.org

FAI-TE SOCI@!

Posted in Notícias | Comments Off on Cartom 2012 já na rua!

Programaçom para o 23 de Dezembro em Teu

Mais um ano chega Dezembro sem nengumha intençom por parte do Governo da Junta da Galiza nem da Federaçom Galega de Futebol de organizar o tradicional jogo da Selecçom Galega. Mais também, mais um ano o povo resposta a este gesto de indiferença cara o nosso desporto.

Seremos nós, @s Siareir@s Galeg@s quem levemos a Galiza ao terreno de jogo, numha jornada de actividades que vai tomando continuidade ano após ano e que esperamos que se reforce com o apoio popular que a Irmandinha se merece.

A cita será o 23 de Dezembro em Cacheiras (concelho de Teu), coincidindo amais, com o XV aniversário de Siareir@s Galeg@s. Por isso depois de quinze anos de actividade sem trégua a prol das selecçons nacionais, queremos que esta jornada serva também para mostrar que o povo galego continua em luita e que seguiremos trabalhando na nossa linha os anos que faga falha. Queremos deixar claro que esta nom é umha data simbólica, se nom que é um dia de reivincaçom polos dereitos de Galiza a competir como país.

Como o ano passado, Galiza voltará a enfrentar-se a um povo irmão, neste caso à RASD (República Árabe Saaraui Democrática). Teremos entom, a parte da festa do futebol, umha oportunidade para conhecer o povo saaraui, a sua cultura e a luita que no dia-a-dia levam a cabo polos seus dereitos como naçom. Por isto, na organizaçom do evento contaremos com a colaboraçom de Solidariedade Galega co Pobo Saharahui.

Tendo em conta que por primeira vez o encontro leva-se a cabo fora dumha das cidades galegas, a organizaçom contará com um autocarro que realizará de forma continuada o trajecto desde Praça Galiza (Compostela) até Cacheiras e vice-versa, podendo assim prescindir do carro para desprazar-se.

Convocamos assim, mais um ano a assistir ao encontro da Irmandinha o 23 de Dezembro em Cacheiras e ao resto de actividades que levaremos a cabo.

ACTIVIDADES:

Durante a tarde, a partires das 16:00hh. haverá um aberto de bilharda da autêntica, luita galega, umha carpa DJ e um espaço Saaraui com diferentes actividades.

MANIFESTAÇOM:

As 19:00hh. sairá a manifestaçom nacional do campo de futebol de Cacheiras, baixo a legenda: “Siareir@s Galeg@s, XV anos luitando polas selecçons nacionais!”.

JOGO:

As 20:30 no campo de futebol de Cacheiras dará começo o jogo no que Galiza se enfrentará à RASD. A equipa galega estará conformada por jogadoras e jogadores de diferentes categorias baixo a direcçom de Pilar Neira. Nos vindeiros dias confirmaremos os nomes das jogadoras e jogadores convocad@s e que defenderám as nossas cores.

CONCERTO:

Para finalizar a jornada organizaremos um concerto no Campo da Festa de Cacheiras. Contaremos com a actuaçom 4 grupos: Invivo (Metal-Cru, Compostela), Contra as Cordas (Hardcore, Ourense), Bastards on Parade (Punk-folk, A Corunha) e Opció K-95 (Punk-Oi!, Barcelona – Països Catalans).

UMHA NAÇOM, UMHA SELECÇOM!

Posted in Actividades | Comments Off on Programaçom para o 23 de Dezembro em Teu